CANTINHO DE UM POETA – 12

Cantinho de um poeta 12

Este belo “poema” em prosa de Raul Correia, dedicado a um tema que muitos leram (ou lerão) com gosto — a obra de arte, uma das maiores conquistas do espírito humano, materialização de um estado de consciência que consubstancia, em alto grau, os seus sonhos, os seus ideais de beleza, o desejo de criar coisas novas, imitando a natureza e a “centelha divina” que está no cerne de toda a criação —, foi dado à estampa no Jornal do Cuto nº 28, de 12/1/1972, com ilustração de José Baptista (Jobat).

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s