UM ANO JÁ?!… PARABÉNS A VOCÊ!!!

Mosquito- primeiro aniversário

Como o tempo passa depressa, mesmo para um pequeno “insecto” que só há um ano (re)começou a voar!… É verdade, amigos, celebra-se hoje o 1º aniversário da nossa existência na Internet… iniciada, para sermos exactos, algum tempo antes, n’O Gato Alfarrabista, até à hora em que a Loja de Papel resolveu criar outro blogue, em honra da revista juvenil mais popular que já se publicou em Portugal. Mas nos blogues, como em tudo o resto, o que conta são as “certidões oficiais” de nascimento.

Nesta data festiva — que nos traz à memória outra efeméride muito mais importante, que foi tema do nosso primeiro post, o aniversário d’O Mosquito, ritualmente comemorado todos os anos, em Janeiro, por numerosos bedéfilos de várias gerações, unidos por laços de indefectível camaradagem e comunhão intelectual —, queremos agradecer a todos aqueles que assiduamente nos acompanharam na primeira etapa de uma bela aventura Mosquito cantaque, como esperamos e desejamos, lhes continuará a desvendar ou a recordar as glórias de uma ilustre publicação, cujo nome e áureo encanto lograram a proeza, ao alcance de muito poucas, de triunfar sobre o tempo e o esquecimento, tornando-se a única que já ressuscitou quatro vezes.

Sem prosápias nem vaidades, esta é a maior das verdades!assim poderia afirmar, com a sua poética veia, mesmo sem ser adivinho, o popular Avozinho (isto é, Raul Correia).

Muito obrigado, amigos, e esperamos que se juntem a nós nesta pequena festa de aniversário, apesar do bolo e do champanhe serem “a fingir” (como é típico da realidade virtual). Mas isso não nos impede de erguer as nossas taças e de brindar à saúde do “insecto mais simpático do mundo”, que afinal já é quase octogenário!…

Advertisements

2 thoughts on “UM ANO JÁ?!… PARABÉNS A VOCÊ!!!

  1. Quando vim a este mundo, o «Mosquito» estava a acabar (a primeira série). Mas este blog magnífico dá-me uma excelente ideia sobre ele. Por isso…
    Parabéns e muita força para continuar

    Like

  2. Obrigado pelos seus votos, caro Lobo Sentado, e pode ter a certeza de que tudo faremos para prosseguir com o mesmo ânimo a nossa tarefa.
    “O Mosquito” tornou-se uma revista mítica ao longo de várias gerações, algumas das quais nem sequer o conheceram, mas aprenderam a estimá-lo como se de um velho amigo se tratasse. E hoje já começa a ser difícil arranjar muitos dos seus números, cuja antiguidade os torna ainda mais valiosos. Esperamos ir revelando aos poucos algumas facetas dessa magnífica revista, que teve muitos altos e baixos na sua longa existência, mas também alguns períodos de esplendor e de glória, em que era lida (e amada) por quase todos os miúdos portugueses em idade escolar. Eu fui felizmente um deles… embora só a partir de 1946, e acompanhei sempre “O Mosquito” até à sua fase final, sentindo uma grande mágoa quando ele se despediu dos seus leitores, em Fevereiro de 1953.
    Mas a verdade é que enquanto houver quem se recorde dele e se interesse pelas maravilhosas histórias e pelos grandes artistas que rechearam as suas páginas (Jesús Blasco, Emilio Freixas, E.T. Coelho, Vítor Péon, José Garcês, Jayme Cortez, Harold Knerr, Hal Foster, John Lehti, Reg Perrott, Walter Booth, Roy Wilson, etc), “O Mosquito” continuará tão vivo como se ainda hoje se publicasse…
    Um abraço e muitos parabéns, também, pelo seu excelente blogue “Páginas de BD”, de consulta imprescindível para todos os que apreciam a BD de outros tempos e as revistas que renovaram a herança de “O Mosquito”, como o “Cavaleiro Andante”, o “Mundo de Aventuras”, o “Condor”, o “Titã”, o “Audácia” e tantas outras…
    Jorge Magalhães

    Like

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s