TOMMY, O RAPAZ DO CIRCO – 1

Tommy of the Big Top 11,jpg

“Tommy, o Rapaz do Circo” (Tommy of the Big Top) é uma série em tiras diárias criada por John Lehti, cuja publicação nos jornais norte-americanos teve início em 28 de Outubro de 1946. A sua estreia em Portugal ocorreu no nº 898 (31 de Janeiro de 1948) d’O Mosquito, onde alcançou grande êxito, a par de outras famosas séries americanas como Príncipe Valente, de Harold Foster, e Necas, Tonecas, Barbaças e Leocádia (The Katzenjammer’s Kids), de Rudolph Dirks e Harold Knerr. A publicação n’O Mosquito somente foi interrompida no nº 1156 (22 de Julho de 1950), quase ao mesmo tempo que a do Príncipe Valente, porque os respectivos encargos autorais eram incomportáveis para a revista, que já se debatia com a forte concorrência do Mundo de Aventuras.

Tommy MA 62Foi então a vez deste juntar “Tommy, o Rapaz do Circo” à extensa galeria de heróis americanos que povoavam as suas páginas. E, por coincidência, Tommy estreou-se no nº 62, da 1ª série (19 de Outubro de 1950), ao lado de dois personagens que viriam também a conquistar os favores do público: Mandrake e Tomahawk Tom, este último uma criação portuguesa, com a marca de Roussado Pinto e Vítor Péon.

Infelizmente, pouco tempo depois, em 11 de Novembro desse mesmo ano, saiu a última tira de Tommy of the Big Top (inédita no MA). Cansado da árdua rotina da tira diária, John Lehti resolveu pôr o seu juvenil herói de parte, para se dedicar a outros projectos, entre eles uma página semanal focada em temas bíblicos, com o título Tales of the Great Book, que viria a obter êxito mais retumbante.

E foi este o imerecido destino de “Tommy, o Rapaz do Circo”, uma história diferente, única no seu género, cheia de ternura, emoção e peripécias divertidas — que, apesar da sua curta carreira, conquistou o coração dos leitores nas décadas de 40 e 50, mostrando por dentro o maravilhoso mundo do circo, onde a aventura, a acção, o amor e o perigo também estavam presentes, de forma amena e realista.

Tommy of the Big Top - strip 1,jpgTommy of the Big Top - strip 2,jpg

Aqui têm a 1ª parte, relativa às tiras diárias de 28 de Outubro a 7 de Novembro de 1946, publicadas n’O Mosquito nºs 898 a 900. O circo chega à cidade e Tommy, um irrequieto adolescente que sonha tornar-se artista do Big Top, vai ao seu encontro…

Apreciem as primeiras cenas desta série, que são realmente de antologia, mostrando um desenhador com pleno domínio da representação gráfica e das formas dinâmicas e narrativas das daily strips americanas.

Tommy tiras 1- 10

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s